sábado, 20 de agosto de 2005

Jingles

Quem nunca ficou com uma música insistente martelando na cabeça?
Existem pessoas que tem por missão colocá-las na nossa caixola e às vezes até saem coisas bem legais.
Numa conversa tipo "flash back" com o Alex no ônibus voltando da faculdade surgiram algumas pérolas como:

"Cabeça, tá na hora de lavar
Dum, dum, dum, dum
Fazer carinho na cabeça
Mexer no couro cabeludo (chega de lágrimas!)
Esfrega, esfrega, esfrega
Vai fazendo espuma
Esfrega, esfrega, esfrega
Vai fazendo massagem
Gostoso pra chuchu, chuá, chuá (uhuu)
Lavar a cabeleira com o Johnson's Baby Shampooooááá"

E a sua versão para os cachinhos...

"Eu nasci de cabelo enroladinho
Um monte de cachinho na caxola
Oi tóin, oi tóin, tóin, tóin
A água do chuveiro cai na cabeleira
Cachoeira, vem me molhar
Chuá, chuá
Gostoso pra chuchu, chuá, chuá (uhuu)
Banho de cabelo cacheado sempre tem um cafuné
Oi lá, lá, le, laiáááá"

* Que só puderam estar aqui no blog porque depois Anjinho escreveu a letra pra mim - eu só fiquei com o refrão grudado que nem chiclete no cortéx cerebral! Agora só vai sair mediante procedimentos cirúrgicos (obrigada!).

Mas não foi só a Johnson & Johnson que teve êxito usando os jingles. A Parmalat teve sua marca amplamente divulgada somando fatores como: crianças, animais (no caso criaças fantasiadas) e um jingle poderoso.
Quem não se lembra desse:

"Não se deite sem tomar seu leite
E ao se levantar aproveite pra tomar
O Parmalat faz crescer
Faz ficar mais forte
Olhe o meu bigode, me respeite eu tomo leite!
Sempre saboroso pronto pra tomar
Nada mais gostoso branco e puro do que o leite Parmalat
Parmalat, tsh, tsh, tsh, tsh
Parmalat
Leite... Parmalat"

Dos mamíferos (o 2º da Parmalat) eu vou ficar devendo porque não sei a letra toda, mas quem não se lembra da frase no final: "Tomô?"

Atualmente temos poucos jingles no ar. E eu particularmente não consegui me lembrar de nenhum (o que prova que eles não são bons, afinal o principal objetivo do jingle é manter a marca ou um produto específico na cabeça dos consumidores). Quem lembrar de mais algum escreve aê!

3 comentários:

Rafael da Rua Voluntários disse...

Eu nunca me esqueci do Jingle da Cachaça Tabajara, o produto das Organizações Tabajara que mais me fez rir, até hoje, sacaneando a propaganda dos mamíferos da parmalat. : )

Isis disse...

Ah...eu amo o do cabelo enroladinho, mas só o jingle...hehehe.

Tiago disse...

A versao dos cachinhos eh incrivel! O melhor jingle em atividade da propaganda brasileira, sem duvidas!

hahaha